Dicas

Unhas fracas e queda de cabelo podem indicar excesso de estresse

O estresse em excesso pode levar ao aumento do peso, úlceras de estômago, alterações cardíacas e pressão alta devido ao aumento do cortisol, que é o hormônio responsável por contribuir para o bom funcionamento do sistema imune.

Geralmente, o estresse é provocado por excesso de trabalho, instabilidade de horários, situações de doença ou sobrecarga de tarefas pessoais e, uma das melhores formas de se livrar do estresse é dedicar 30 minutos por dia para fazer atividades relaxantes, como ouvir música, tomar um banho calmo ou andar descanso na areia, porque ajuda a diminuir os níveis de cortisol, relaxa e diminui a frequência cardíaca.

No entanto, em alguns casos, pode ser necessário ir no médico para tomar remédios que ajudam a diminuir a ansiedade, realizando sessões de psicoterapia para aprender técnicas de relaxamento e formas eficazes para gerir o tempo.

Consequências do estresse
O estresse pode provocar problemas ou doenças na maioria dos órgãos e sistemas, podendo provocar:

Queda de cabelo e fios mais finos;
Unhas fracas e quebradiças;
Aumento do apetite com aumento de peso ou perda de peso devido à sensação constante de afrontamento e falta de apetite;
Dificuldade em pegar no sono, o que provoca cansaço frequente;
Doenças frequentes, como infeções urinárias, gastroenterite ou gripe.

O estresse também pode levar ao desenvolvimento de problemas mais graves como síndrome metabólica, como aumento surgimento de diabetes, níveis elevados de triglicérides e colesterol mau ou síndrome do cólon irritável.

Além disso, o estresse frequente ao longo do tempo pode comprometer praticamente todos os órgãos ou sistemas do corpo e, em casos mais graves, pode levar à infertilidade ou mesmo ao suicídio.

Como reduzir o estresse provocado pelo trabalho
Para diminuir os níveis de estresse laboral deve-se:

Tirar férias todos os anos: as férias ajudam a esquecer as obrigações do dia a dia;
Fazer pequenas pausas regulares durante a hora de trabalho: a pausa, nem que seja de 5 minutos, ajuda a relaxar e organizar o pensamento aumentando a produção e rentabilidade;
Realizar alongamentos: na hora de trabalho o corpo também precisa de relaxar e diminuir a tensão.

Falar com o chefe: principalmente quando existe alguma dificuldade ou problema;
Dividir tarefas: a divisão de tarefas ajuda a diminuir a sobrecarga de cada trabalhador;
Além disso, colocar-se sempre no lugar da outra pessoa é uma das formas de diminuir os conflitos laborais, sendo por isso, importante ser tolerante e cauteloso para conseguir avaliar bem todas as situações e antecipando o que pode acontecer de positivo e negativo.

Como diminuir o estresse emocional
Normalmente, o estresse surge divido à dificuldade em gerir o tempo entre as tarefas profissionais e as obrigações familiares e, por isso, o mais importante para se livrar do estresse em excesso inclui:

Usar uma agenda para organizar as rotinas da semana, programando de semana a semana.
Distribuir as tarefas entre os diferentes elementos de uma família: devendo-se incluir as crianças, atribuindo pequenas tarefas, como fazer a cama ou arrumar o quarto, por exemplo;
Focar-se necessidades atuais e esquecer o passado;
Economizar dinheiro, gastando apenas nos bens essenciais, para evitar dívidas, que é uma das causas do estresse em excesso;
Evitar situações que causam mal-estar como por exemplo, se as noticias da televisão causam tensão ou o trânsito intenso provoca ansiedade é importante procurar soluções;
Fazer atividades de lazer relaxantes: dedicar pelo menos 30 minutos por dia a fazer atividades calmantes como ouvir música, tomar um banho, andar descanso na areia ou terra ou caminhar ao ar livre, pode ajudar a diminuir o estresse.
Além disso, deve beber diariamente um chá calmante, como camomila ou hipericão e evitar bebidas e alimentos com cafeína porque provoca o excitamento do sistema nervoso central o que leva ao aumento do estresse.

Deixar um Comentário

Translate »
%d blogueiros gostam disto: